O regresso de Arthas

Passado um ano da saída de The Burning Crusade, chegou finalmente a nova expansão de World of Warcraft. Depois de ter experimentado durante 1 semana, deixo aqui a minha opinião sobre esta nova pérola da Blizzard.

Com esta segunda expansão, o mundo de Warcraft ficou outra vez maior, o nível aumentou para 80 e foi introduzida a primeira Hero Class do jogo, chamada Death Knight. Quando recebi o jogo no dia de lançamento, lá fui eu todo contente tentar instalar. Passado algum tempo, depois de ter instalado, resolvi ir ver como era o novo continente e a nova classe. Mas infelizmente, como já è normal quando são lançadas expansões para World of Warcraft, tive de esperar 30 minutos antes de conseguir entrar no servidor e mesmo depois de ter conseguido entrar dei por mim no meio de uma multidão de jogadores, ansiosos para começar as quests. Como è habitual, è praticamente impossível jogar assim, porque normalmente são 30 pessoas a atacar o mesmo monstro e aquilo fica uma confusão do diabo.Resolvi desistir de jogar com o meu nível 70 e decidi experimentar o tal Death Knight.

Esta nova classe apenas esta disponível a jogadores que jà tenham atingido o nível 55 com outra classe qualquer, assim que se cria um Death Knight, em vez de começarmos do nível 1, começamos automaticamente no nível 55, o que torna tudo mais fácil.

Aqui deixo algumas caracteristicas desta nova classe:

  • Começa-se no nível 55
  • Montada Épica grátis que se obtém por fazer uma quest com nível 55
  • Armadura de qualidade Azul passadas apenas algumas quests
  • Atinge-se o nível 58 em mais ou menos 1 hora
  • Extremamente poderoso e muito difícil de matar

Do nível 55 ao 58 pode-se assistir e participar numa espécie de história interactiva, que mostra como o Lich King venceu e tentou conquistar a Eastern Plaguelands, a partir do nível 58 è possível deixar esta zona e andar à vontade pelo mundo de Warcraft. Este começo è bastante interessante porque ao assistir à história podemos perceber a origem dos Death Knights e o porquê da “revolução” que aconteceu quando estes ainda estavam ao serviço de Arthas.

Um dos problemas è que muitas pessoas ficaram bastante chateadas com esta nova classe, porque a partir do nível 58 até mais ou menos 65 è quase impossível morrermos, devido ao imenso poder dos ataques. Para verem como esta classe è poderosa, eu cheguei a vencer um Warrior nível 70 com o meu Death Knight em nível 61 num duelo.

Sobre a nova zona não posso dizer muita coisa, porque ainda não estive lá, gostei tanto do meu Death Knight que decidi chegar ao nível 80 com ele, em vez do meu antigo Hunter.

Aqui deixo um vídeo da jogabilidade.

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

CommentLuv badge